Se você está realizando a importação do EFD na GIA e ocorrer a inconsistência abaixo, veja como proceder e avaliar como o sistema está tratando de forma automática neste caso.


Inconsistências: Sempre que o registro analítico de entrada (C190, C590, D190 e D590) citar os CFOP 1.949, 2.949 ou 3.949, o campo COD_OBS deve citar registro 0460, que deve trazer a explicação para o uso do CFOP. Esta explicação será incluída de forma automática no campo “Observações” do Quadro E da GIA, não necessitando o uso do registro E115 com o mesmo fim. Em adição, no mesmo campo, será apresentado, para cada tipo de 0460, a totalização dos créditos e do valor contábil. Para cada tipo de explicação (para cada conteúdo do campo TXT do 0460) deve ser apresentado apenas um 0460, que deve ser citado em todas as entradas relacionadas ao mesmo texto.


Alerta: caso o registro E115, que contém o código RS000090, esteja sendo inserido exclusivamente para explicar as entradas nos CFOP 1949, 2949 e 3949, então a apresentação do registro deve ser substituída pelo preenchimento dos campos COD_OBS dos correspondentes registros analíticos de entrada.


O sistema gera de forma automática a geração do campo COD_OBS (código da observação do lançamento fiscal, campo 02 do registro 0460) para as Notas Fiscais de Entrada nos registros C190, C590, D190 e D590 do SPED Fiscal (FFIS0340), para o estado do RS e para as Naturezas de Operação (CFOPs) 1949, 2949 e 3949. 


Este campo será gerado conforme o Código do Tipo de Nota utilizado. Caso exista mais de um Tipo de Nota na mesma chave (CST_ICMS, CFOP, ALIQ_ICMS), será informado o número da Nota Fiscal. Nos demais casos, este campo não é preenchido. 


A descrição da observação será gerada conforme a Descrição do Tipo de Nota.


Para que sejam geradas as informações no 0460 o detalhe mais importante é a forma que o sistema irá buscar a Descrição:



Tal necessidade originou-se do processo de importação da EFD ICMS/IPI no programa da GIA do RS.