A partir de 01/10/2018, o emissor gratuito de MDF-e (versão 3.0) será descontinuado pelo SEFAZ.

A Focco desenvolveu o emissor e comercializa o mesmo.

Caso opte por não adquirir pelo produto da Focco, a alternativa é adquirir um produto de um terceiro. 

A geração atual do XML do MDF-e continua liberada no FOCCO, portanto é necessário que este terceiro tenha o serviço de mensageria para fazer ajustes se necessário, permitir a assinatura com certificado digital, envio do MDF-e e impressão do documento DAMDFE.


Outras formas de buscar este artigo: Não consigo emitir MDF-e.