O indicador de presença tem por objetivo indicar como e onde foi efetuada a compra pelo cliente.


As opções são:

            

  • Operação presencial;
  • Operação não presencial, pela Internet;
  • Operação não presencial, teleatendimento;

  • NFC-e em operação com entrega em domicílio;

  • Operação presencial, fora do estabelecimento;

  • Operação não presencial, outros.


Quando o Indicador de Presença da Nota Fiscal de Saída for "1 - Operação Presencial" e o cliente for um "consumidor final" (pessoa física ou pessoa jurídica não contribuinte), independentemente da UF do cliente, esta operação de venda será considerada uma operação interna, sendo possível utilizar uma CFOP interna iniciada por 5xxxx. Nesta situação a UF para fins de cálculo dos impostos pode ser diferente da UF do endereço do cliente. E o campo Frete somente terá duas opções disponíveis: "1 = Retira" e "9 = Sem Ocorrência de Transporte. (Sem Frete)".


EXEMPLO: Um cliente que mora no RS vai até SC fazer compras. Neste caso, ele mesmo irá levar a mercadoria para casa, esta operação será considerada como interna, dentro do estado de SC e será utilizada uma CFOP interna iniciada por 5xxx.

Porém, na DANFE e XML da Nota Fiscal o endereço do cliente irá permanecer com a UF do RS, pois é efetivamente o endereço do cliente.


Essa informação consta no cadastro do pedido de venda, conforme abaixo: 




E também na emissão de nota fiscal conforme abaixo: